5 dicas para montar um plano de negócio

Ter um plano de negócio bem definido é fundamental para o sucesso da empresa

como-montar um plano-de-negócio

Planejar é certamente o verbo do empreendedor. Uma ideia, por melhor que seja, precisa ser trabalhada para que se torne um negócio próspero, de sucesso. O plano de negócios é o documento que será produzido, transformando o brainstorm em oportunidade . Sabemos que a sua elaboração não é fácil, mas também está longe de ser impossível. Com foco, persistência e paciência o plano de negócios renderá frutos. Para ajudar nessa tarefa, separamos algumas dicas que irão nortear o processo.

Principais passos

1) A importância de “rascunhar”: Concretizar uma ideia requer muito pensamento. E uma das melhores formas de se organizar a mente é elaborando inúmeros rascunhos de possibilidades. Colocar no papel, de certa forma, nos ajuda a analisar os fatos , separando o joio do trigo. E manter um diário dessas ideias permite traçar conexões entre o que foi elaborado lá no começo e o resultado final. Lembre-se: toda obra de arte começa no rascunho.

2) Pesquisar o setor: Não basta que a lâmpada se acenda sobre a cabeça do empreendedor. É preciso situar a ideia no mercado atual. Isso significa pesquisar o setor e estudar como fazer com que ela se transforme numa oportunidade de negócios, tanto para investidores, quanto para o público-alvo. Através deste processo será possível perceber quais as modificações necessárias para que o projeto fique irresistível, aos interessados.

3) Ter paciência e muita disciplina: Sim, produzir um plano de negócios é um processo lento. Requer retornar várias vezes ao mesmo ponto, esgotar possibilidades, pesquisar, mudar e não perder a confiança. É praticamente impossível produzi-lo em uma só tacada, pelo nível de complexidade e pelas diversas áreas que ele abrange. Por isso, de nada adianta correr para terminar logo ou abandonar nos primeiros obstáculos. Lutar e trabalhar duro é necessário.

4) Ser realista: Um empreendedor deve ter a cabeça nas nuvens, mas os pés fortemente fincados no chão. Isso significa que projeções de mercado irreais ou teorias impraticáveis têm lugar no rascunho, mas devem ficar de fora do documento. Um investidor com certeza perceberá facilmente quando um projeto não tem estofo suficiente para ser realizado com sucesso.

5) Buscar auxílio de especialistas: Admitir não saber tudo é uma das maiores qualidades de um empreendedor, junto com a sua capacidade de networking. E ambas se aplicam na hora de realizar os estudos específicos de um plano. Ler, estudar e conhecer são trampolins para quem quer ter sucesso, mas ouvir um especialista terá valor inestimável. O tempo perdido na busca por soluções num terreno desconhecido pode sempre ser empregado para vencer obstáculos conhecidos.

Construir um plano de negócios pode ser uma tarefa árdua, mas todo o esforço e dedicação empregados valem a pena. A satisfação de ver o negócio prosperando depois de ter planejado cuidadosamente cada detalhe pode ser a recompensa de quem está a aceitar esse desafio.
Gostou deste artigo? Comente!


Comente o que achou