Saiba como avaliar a qualidade do seu site

Você tem um site pessoal ou corporativo? Confira nossas dicas para você avaliar seu domínio, ter boa presença online e um site eficiente.

Você tem um site pessoal ou corporativo? Confira nossas dicas para você ter uma boa presença online e um site eficiente

Atualmente, existe cerca de 1 bilhão de sites na internet, o que, baseado em estimativas sobre o número de pessoas que usam a web, seria o equivalente a uma página para cada três pessoas. Com tamanha variedade, apenas as melhores conseguem chamar a atenção de um público significativo. Por isso mesmo, ter um bom site é fundamental para garantir uma boa presença on-line. Mas, afinal, o que qualifica um site?

A princípio , você pode pensar que um bom site é aquele recheado de imagens, vídeos e páginas, mas não é bem assim. Um bom site deve se sustentar por alguns princípios: ser confiável, prático e atrativo.

O que torna um site confiável ?

Infelizmente, muitas pessoas se utilizam da internet e da falta de conhecimento de alguns usuários para aplicar golpes, principalmente na hora de vender produtos ou serviços. Por isso, ter um site corporativo que transmita a sensação de confiança é fundamental para você e seus visitantes.

Alguns pontos simples, mas muito importantes, ajudam a dar uma cara mais confiável para seu website. São eles:

  1. Domínio: ter um domínio próprio transmite mais confiança aos visitantes do que sites hospedados em serviços gratuitos ou com domínios desconhecidos;
  2. Informações de Contato: é muito importante deixar um canal de comunicação para solucionar dúvidas e demonstrar que você e sua empresa são, de fato, reais;
  3. Apresente-se: um bom site possui as informações do autor ou empresa responsável por seu desenvolvimento.

O site deve ser prático

Ao criar seu site, não pense apenas no que você gostaria de colocar, mas sim, em primeiro lugar, no que seus visitantes gostariam de ver. Por isso, procure trabalhar para que todas as informações importantes sejam fáceis de encontrar e que a sua página tenha uma navegação intuitiva.

Outros pontos importantes são:

  1. Não deixe o site muito pesado – com excesso de imagens, vídeos ou animações – para facilitar o carregamento das informações mesmo com conexões mais lentas;
  2. Procure ter um site responsivo ou com uma versão mobile. Você sabia que 47% dos brasileiros acessam à internet através dos celulares ?
  3. Tenha sempre em mente a experiência do visitante.

O site deve ser atrativo

Com tantas outras páginas espalhadas pela internet, a sua deve se destacar para ganhar acessos. Por isso, além de ser confiável e prático, seu site também precisa ser atrativo.

Essa é uma das partes mais difíceis de se conseguir, e as dicas variam conforme o seu objetivo. Em primeiro lugar, é preciso oferecer algo ao leitor, seja uma experiência visual agradável ou um conteúdo mais exclusivo. Ou seja:

  1. Além de divulgar seus serviços, ofereça algo em troca para seu visitante. Por exemplo, se você é um designer, acrescente uma parte para visualizarem o seu portifólio. Se você quer divulgar a sua empresa de contabilidade, conte com depoimentos de clientes satisfeitos;
  2. Deixe seu site bonito, evitando excesso de informações e distribuindo os conteúdos em categorias. Isso ajuda o usuário a encontrar mais rápido o que procura;
  3. Traga a interatividade para a sua página, como plugins para compartilhamento em redes sociais e uma sessão de comentários.

Esses são alguns caminhos para garantir uma boa presença na web. Trate o seu site pessoal como o principal cartão de visitas que você está oferecendo ao mundo e cuide muito bem dele!

Gostou das nossas dicas? Deixe seu comentário.


Comente o que achou

2 comentários

  1. Marcelo Responder

    Existem mais de 7 bilhões de pessoas no mundo, logo se são 1 bilhão de site seriam 1 para cada 7.

    1. DNA do Empreendedor Responder

      Oi Marcelo, obrigado por seu comentário.

      Como escrevemos no texto, a proporção de um site para cada três pessoas é baseada no número de pessoas conectadas à internet, e não no número de pessoas no mundo. Em 2015, aproximadamente 3,1 bilhão de pessoas se conectaram à internet.