Casais empreendedores: como unir amor aos negócios e ter sucesso

Engana-se quem pensa que casais empreendedores arruinam o relacionamento. Veja como manter uma boa relação pessoal e profissional com seu parceiro.

casais-empreendedores

A máxima diz: “amigos, amigos, negócios à parte”, mas será que o mesmo se aplica para o amor? Na hora de arrumar um sócio para um novo negócio é preciso afinidade e muita confiança, então porque não ter o seu parceiro de vida como seu parceiro de negócios? Casais empreendedores podem levar o sucesso da vida conjugal para o trabalho.

Para alguns casais essa ideia pode parecer impensada, pois os riscos de os problemas de negócios afetarem o relacionamento são reais. Mas se ambos têm as mesmas expectativas e são cúmplices, superar os desafios de uma nova empreitada torna-se apenas mais um obstáculo a ser ultrapassado.

Se você pensa em empreender junto ao seu parceiro de vida, confira essas dicas para os negócios não interferirem na sua relação e vice-versa:

Defina horários

Não é porque vocês são sócios que devem falar sobre trabalho 24 horas por dia. Defina horários para trabalho e para lazer, sem que um interfira no outro. Ter equilíbrio é fundamental para o sucesso da empresa e da relação.

Diferenças somam

Se você tem um perfil mais sistemático e seu cônjuge é mais criativo, não se preocupe! Nos negócios, diferenças de perfil são benéficas para o crescimento. Visões distintas sobre o mesmo assunto, podem levar a uma tomada de decisão mais certeira.

Façam planos

Assim, como vocês planejam a compra de um apartamento ou um novo carro, façam planos para os negócios. Estabeleçam metas que ambos concordem e esforcem-se para alcançá-las.

Respeito acima de tudo

Tanto nos negócios como na vida conjugal, é comum haver divergências entre as partes envolvidas. Neste caso, é preciso que haja um respeito redobrado quando houver uma discussão, por exemplo. Pois o seu sócio é a mesma pessoa que divide a vida com você, e ninguém quer, além de acabar com uma sociedade, prejudicar uma relação, não é mesmo?

Priorize o relacionamento

A primeira coisa que vocês construíram juntos foi o relacionamento e a empresa é apenas uma consequência dele. Por tanto, nunca leve problemas de casa para o escritório, eles podem afetar o rendimento da sua empresa e arruinar a relação. Procure manter ambos os setores da vida a dois bem separados para que não haja arrependimentos.

E você, acha que relacionamento e negócios podem dar certo? Comente!


Comente o que achou