Freelancer: saiba como controlar finanças pessoais

Controlar as finanças pessoais sendo freelancer não é fácil. Confira algumas dicas de como ficar sempre no azul

Controle das finanças como freelancer

Nada é tão incerto quanto a vida de freelancer. Prazos apertados para entregar o trabalho, incertezas sobre quando será o próximo job e o principal: instabilidade nas finanças pessoais.

Se você é freelancer, com certeza já passou por muitos apertos na hora de administrar o dinheiro. Pensando nisso, juntamos algumas dicas para controlar suas finanças pessoais e não fechar o mês no vermelho, confira:

Planejamento é tudo

Para começar, você precisa saber se planejar. Coloque no papel o quanto você receberá no mês e quais serão seus gastos, assim, você saberá quanto deve juntar. Para saber o quanto precisará juntas, espelhe-se nos gastos dos meses anteriores, assim você terá uma média.

Mas lembre-se que também é necessário pensar no futuro e não apenas no presente. Caso deseje fazer uma compra de alto valor ou uma viagem, por exemplo, você vai precisar juntar a cada mês uma quantia, portanto, disciplina é tudo.

Faça um orçamento

Pegue todos os seus gastos fixos como os com moradia, contas de casa, plano de saúde, prestações de carro, entre outros. Coloque-os em uma planilha. Assim, você saberá quais são seus gastos fixos mensais. Também leve em consideração os gastos com alimentação, transporte e outras compras.

É importante que a sua renda mensal seja, em média, 20% superior ao seus gastos. Desta forma, resta uma margem para emergências. Se você sentir que a sua renda está muito apertada, tente cortar gastos que considera supérfluos.

Você é uma empresa

E como toda empresa deve controlar todo o dinheiro que entra e sai com maior atenção, é importante que você tenha um fluxo de caixa. Desta forma, você consegue ter um controle de todas as movimentações financeiras que você fizer, origem e destino dos montantes, além de identificar gastos não-planejados.

Como as finanças pessoais de um freelancer é incerta, é importante sempre ter dinheiro em caixa para as principais despesas. Isso porque, muitas vezes, o pagamento pode ser feito muito após a entrega do trabalho e as contas não podem esperar, portanto, tenha sempre um capital de giro.

Economize

Como citado anteriormente, gastos supérfluos não combinam com freelancers. Sendo assim, economize sempre e controle seus gastos. Atualmente existem apps para o controle financeiro que te ajudam a enxergar todos os seus gastos, dos fixos aos pequenos gastos do dia a dia. Com isso, você consegue administrar melhor o seu dinheiro.

Imprevistos acontecem

De um conserto em casa a um acidente que te impossibilite de trabalhar, muitos imprevistos podem acontecer. Para resolvê-los você precisará de dinheiro. Não seja pego desprevenido e acabar recorrendo a empréstimos, tenha sempre uma reserva financeira. O ideal é que você consiga poupar cerca de 20% do total que você recebe por mês, desta forma você nunca estará desamparado.

Você que é freelancer, qual técnica utiliza para nunca ficar sem dinheiro? Compartilhe com a gente, comente!


Comente o que achou