Como organizar sua vida financeira

Organize suas finanças e tenha uma boa saúde financeira

como-organizar-sua-vida-financeira

Seja no começo do mês ou ao final dele: pode ser que você se encontre sem dinheiro. Quando as contas não fecham no positivo, mês a mês, a sua situação financeira pode virar uma bola de neve. Por isso, o DNA do Empreendedor separou algumas dicas sobre a melhor forma de como organizar sua vida financeira. Confira!

Faça o controle de tudo

As contas estão sobrando e o dinheiro está faltando. O pior: você só descobre isso quando não há como pagar outra fatura. A primeira medida para uma situação como esta é criar uma planilha, anotar em um caderno, marcar no celular ou mesmo procurar algum aplicativo que o faça registrar todo e qualquer gasto. Ter a visibilidade de todas as contas, bem como os gastos necessários é fundamental para começar a mudar o jogo.

Não gastar mais do que ganha

Complementar à primeira dica, não gastar mais do que você recebe é fundamental para sair do buraco. Uma medida um pouco drástica, porém, valiosa, é cancelar os cartões de crédito e, se possível, nunca entrar no cheque especial. Desta forma, fica mais fácil contar somente com o dinheiro que entra em sua conta. Lembre-se de anotar tudo e fazer o controle sempre que receber e gastar algum dinheiro.

Faça planos de pagamentos

Uma boa alternativa também está na negociação de suas dívidas. Instituições financeiras costumam ter planos de financiamento para quem está enroscado. Procure seu banco e negocie o que for possível. No entanto, vale prestar atenção ao valor que pagará no final. Os juros, muitas vezes, não compensam tamanha dívida. A melhor saída é mesmo fazer planos para o que você pode pagar. A negociação é válida para o estabelecimento de datas, que devem ser levadas à risca com a instituição credora.

Vida financeira em ordem

Após as práticas acima, quando as coisas finalmente começarem a se acertar, não caia em tentação: cuidado para não voltar a ter gastos supérfluos e muito menos perder o controle. Caso possível, continue gastando somente o que puder, sem cartões de crédito ou dinheiros consignados e garanta formas de organizar sua vida financeira para nunca mais ter que se preocupar.

Gostou deste artigo? Comente!


Comente o que achou