Conheça o conceito de fluxo de caixa e sua importância para as empresas

Ele é fundamental para organizar as contas da companhia e influencia a tomada de decisões

abrir-negocios-com-pouco-dinheiro.jpg

O equilíbrio de uma empresa é resultado de diversos fatores, mas um deles precisa receber uma atenção especial: o conceito de fluxo de caixa. Assim como na vida pessoal, controlar o dinheiro que entra e sai da conta, bem como a sua aplicação, é extremamente importante para garantir dias tranquilos. Com os negócios isso não é diferente. A partir do fluxo de caixa, é possível controlar os gastos e rendimentos da empresa, ter noção do saldo para os meses seguintes, estudar possíveis investimentos e tomar decisões referentes ao orçamento.

Conceito de fluxo de caixa

Se uma empresa pudesse ser comparada ao corpo humano, o fluxo de caixa seria o nosso cérebro. É o fluxo de caixa que concentra todos os valores a pagar e a receber de uma empresa, determinando, assim, a sua saúde financeira.

Ferramenta útil para o controle financeiro, o fluxo de caixa organiza os valores que circulam pela empresa, permitindo a otimização do uso desses recursos, cortando gastos desnecessários ou distribuindo investimentos para áreas menos desenvolvidas.

Como fazer seu fluxo de caixa

Um fluxo de caixa eficaz deve considerar as movimentações de entrada e saída de recursos e todo tipo de transação de valores da empresa, como empréstimos e resgate de investimentos, ao longo do ano fiscal. Além disso, alguns procedimentos devem ser realizados, tais como:

Inventário

Antes de iniciar o seu fluxo de caixa, crie um inventário financeiro, preenchendo a relação com todos os custos fixos e variáveis, valores disponíveis em caixa e a receber, investimentos, empréstimos, etc. É importante organizar o inventário de forma clara e explicativa, criando tipos e classes de investimentos quando necessário, pois isso ajudará a entender onde você está aplicando esses valores, se em investimentos, saldo de dívidas ou melhorias para a empresa, por exemplo.

Atualização

Mantenha as informações atualizadas com frequência. O investimento mensal rendeu? Anote. O financiamento teve reajuste? Registre também.
É importante ajustar o seu controle a cada nova informação, pois um pequeno descuido pode te levar a tomar uma decisão equivocada. Imagine, por exemplo, se você esquecer de atualizar um empréstimo quitado e, nos meses seguintes, toma uma decisão de corte de gastos por engano por não ter atualizado as informações? Esforço – e talvez dinheiro – perdido!
E não esqueça de tornar rotina essa atualização, a frequência é importante para o sucesso. Por isso, escolha bem a pessoa responsável por essas informações, já que a manipulação desses dados precisa de responsabilidade e comprometimento.

Revise

Só atualizar o seu fluxo de caixa não adianta, é preciso analisar os resultados. Por isso, é preciso gerar relatórios periodicamente para tomar suas decisões da maneira mais inteligente possível.
Não há uma regra para a periodicidade: você pode gerar relatórios semanais, mensais e até específicos para uma ocasião, para o caso de precisar fazer um investimento de urgência, por exemplo.
Mas, se vale aqui uma recomendação, alguns especialistas afirmam que quem pretende contratar, aumentar salário ou traçar estratégias de vendas, pode se basear em relatórios trimestrais para ter uma visão global do fluxo de caixa.

Agora que você já sabe a importância do fluxo de caixa para a sua empresa, compartilhe conosco nos comentários qual é a próxima dica que você gostaria de ler a respeito deste tema.


Comente o que achou