Inspire-se com a história destes 5 empreendedores de sucesso

Empreendedores de sucesso trazem suas incríveis histórias para te inspirar e motivar. Leia agora e aprenda com quem já chegou lá.

onheça a trajetória desses empreendedores de sucesso e inspire-se.

Empreendedores são pessoas que tomam a iniciativa de implementar um novo negócio ou propor mudanças em empresas que já existem.

Para ser um empreendedor é necessário planejamento e muita determinação. Por isso, para te inspirar, vamos apresentar empreendedores de sucesso que criaram seus grandes negócios partindo do zero e hoje desfrutam de uma empresa sólida, se tornando exemplos de grandes líderes.

Empreendedores de sucesso

Ser um empreendedor é acreditar que qualquer sonho é tangível e procurar as ferramentas certas para colocá-lo em prática, além de descartar a palavra impossível do vocabulário.

“Eu gosto do impossível, porque lá a concorrência é menor” – Walt Disney

Abaixo, conheça 5 empreendedores de sucesso:

Alexandre Costa

 

alexandre-tadeu-da-costa-criador-da-cacau-show-1347918134611_300x420

Foto: Divulgação

Aos 17 anos, quando Alexandre Costa vendia chocolates de porta em porta para ajudar a família, não imaginava que 28 anos depois seria dono da maior rede de chocolates finos do mundo, a Cacau Show.

“A distância de um sonho se torna mais curta quando você acredita que pode realizá-lo” – Alexandre Costa

A Cacau Show foi fundada na Páscoa de 1988. Após aceitar a encomenda de 2 mil ovos de 50 gramas, o empresário descobriu que a fábrica da qual era cliente não produzia o produto com o peso necessário. Ele não desistiu e bateu na porta de vinte atacadistas até conhecer uma senhora que fazia chocolate caseiro e que o ajudou a entregar o pedido em apenas três dias. Em setembro de 2013, a marca passou a fazer parte da Cacau Par, holding criada por Alexandre e que também possui controle da rede Brigaderia. Atualmente, conta com mais de 2 mil franquias em operação.

Luiz Helena Trajano

luiza-trajano

Foto: divulgação

Luiza Helena Trajano é formada em Direito e hoje, é CEO da Magazine Luiza, a nona maior empresa varejista do Brasil, possuindo mais de 750 lojas e 25 mil funcionários.

A história da rede começa em 1957, quando o casal Luiza e Pelegrino comprou uma pequena loja na cidade de Franca, nomeada de Magazine Luiza após um concurso cultural. O negócio era familiar e com o passar dos anos, a loja se expandiu para outras cidades do interior, e em 1977 já contava com 30 filiais. Ela foi pioneira na implementação de um sistema de computadores e na década de 90, foi criada a Holding LTD, para gerir e acelerar a expansão do grupo. A Luiza Helena Trajano, sobrinha dos fundadores, assumiu em 93 o comando da empresa.

“A gente tem mania de pensar pobre e traçar coisas pequenas. E pobreza atrai pobreza. Tenha metas ousadas!” – Luiza Helena Trajano

Luiza começou a trabalhar aos 12 anos na loja da família como balconista e ao se tornar CEO, descentralizou o comando do negócio e promoveu a ascensão dos funcionários para cargos mais altos, antes só ocupados por familiares. Além disso, foi responsável por criar a primeira loja virtual do mundo, por meio de terminais multimídias dispostos nas lojas. Também aderiu às liquidações inusitadas, criando um modelo de vendas em que era comercializado diversos produtos por um preço bem abaixo do mercado por apenas um dia. Em 2010, comprou a rede paraibana Lojas Maias e em 2013, encontrou-se com a presidenta Dilma Rousseff como uma das mulheres mais empreendedoras do país.

Mark Zuckerberg

mark-zuckerberg

Foto: divulgação

Aos 31 anos, Mark Zuckerberg é considerado a 6° pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna estimada em 38.4 bilhões de dólares, sendo fundador da maior rede social do mundo, o Facebook, e dono das redes Oculus, WhatsApp e Instagram.

“O maior risco é não correr risco algum. Num mundo que muda tão rapidamente, a única estratégia que com certeza vai falhar é não correr nenhum risco.” – Mark Zuckerberg

O Facebook foi lançado em fevereiro de 2004, criado pelos amigos Mark Zuckerberg, Eduardo Saverin, Dustin Moskovitz e Chris Hughes, enquanto frequentavam a Universidade de Harvard. O intuito inicial da rede social era conectar somente os estudantes de Harvard.

Mas, com o sucesso, foi expandida para outras faculdades da região. Em um ano, o Facebook atingiu 1 milhão de usuários. Em 2006, começou a aceitar usuários acima de 13 anos de idade e em 2008 estabeleceu uma sede internacional na Irlanda.

A partir daí, o site avançou incorporando anúncios, novos atributos, como calendários, eventos, novo design, e hoje possui uma receita aproximadamente de 7 bilhões de dólares, mais de 12 mil funcionários e é o terceiro maior site acessado do mundo, perdendo apenas para o Youtube e Google.

Bel Pesce

Bel_Pesce

Foto: divulgação

Bel Pesce foi considerada uma das “100 pessoas mais influentes dos Brasil”, pela Revista Época, eleita um dos “30 jovens mais promissores do Brasil”, pela Revista Forbes, e entrou na seleta lista dos “10 líderes brasileiros mais admirados pelos jovens” pela Cia de Talentos.

“Sonhar grande dá o mesmo trabalho que sonhar pequeno.” – Bel Pesce

Desde muito nova começou a traçar o seu caminho para o sucesso ao ser aprovada no Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos. De lá, saiu formada em Engenharia Elétrica, Ciências da Computação, Administração, Economia e Matemática. Trabalhou na Microsoft, Google e Deutsche Bank. Após um ano e meio na startup Ooyala, resolveu se dedicar a projetos próprios, como o aplicativo de finanças Lemon e o best-seller “A menina do Vale”.

Já no Brasil, fundou a escola de empreendedorismo FazInova e escreveu outras duas obras de sucesso: “A Menina do Vale 2” e “Procuram-se Super-heróis”.

Silvio Santos

 

size_960_16_9_silvio-santos-nova

Foto: Roberto Nemanis/Divulgação

Silvio Santos tem uma fortuna avaliada em 6 bilhões de reais, é proprietário do Grupo Silvio Santos e é considerado um dos maiores empreendedores e comunicadores da história da televisão brasileira.

“Só não consegue o objetivo quem sonha demasiado. Quem pretende dar o passo maior do que a perna. Quem acredita que as coisas são fáceis. Todas as coisas são difíceis. Todas as coisas têm que ser lutadas. E, quando você consegue uma coisa fácil, desconfie: porque ela não é tão fácil quanto parece. Continue trabalhando; continue apostando na sua intuição; continue com os pés no chão. – Silvio Santos”

De vendedor ambulante à criação de um império empresarial, sua trajetória se confunde com a história da televisão brasileira, pelo tempo em que atua, obra construída e influência que exerce no ramo. Aos 14 anos já trabalhava como camelô nas ruas do Rio de Janeiro. Participou de um teste na Rádio Guanabara, conquistando o primeiro lugar. Aos dezoito anos serviu ao Exército Brasileiro como paraquedista e decidiu abandonar a vida de vendedor por achar a carreira incompatível com a militar, decidindo ser locutor em uma rádio em Niterói, RJ. Com 20 anos se mudou para São Paulo onde passou a apresentar espetáculos e sorteios em caravanas de artistas, conseguindo uma nova vaga como locutor da rádio Nacional de São Paulo.

Em 1958, seu amigo Manoel da Nóbrega estava com dificuldades para administrar uma empresa de venda de brinquedos a prazo. O Baú da Felicidade era um sistema de carnês em que o cliente pagava as prestações de uma caixa de brinquedos ao longo do ano e recebia os produtos na época do Natal. Nóbrega havia vendido muitos carnês, mas estava com dificuldade para entregar as mercadorias, então pediu a ajuda de Silvio para resolver a situação antes de fechar a empresa. Acontece que Silvio Santos viu no Baú da Felicidade uma grande oportunidade e assumiu o controle total da empresa. Era o início do que em 1962 viria a se tornar o Grupo Silvio Santos.

Silvio manteve o sistema de crediário, mas expandiu o negócio, abrindo lojas para as pessoas poderem trocar os carnês quitados por produtos. Em 1961, começou sua carreira na TV, fazendo propaganda do Baú da Felicidade. Entre 1965 e 1975 ele fundou diversos empreendimentos, que passaram a ser administrados pela holding Silvio Santos S.A. Em 1969, fundou a Baú Financeira, que se transformaria mais tarde no Banco PanAmericano. No ano de 1975, adquiriu a Liderança Capitalização, que em 1991 passou a comercializar a TeleSena.

Ainda em 1975 realizou um sonho de ter sua própria emissora, vencendo a concorrência do Canal 11, do Rio de Janeiro. A emissora chamada TVS, começou com 13 mil funcionários e contou com investimento inicial de 10 milhões de dólares. Em 1981, Silvio ganhou a concessão de mais quatro canais, que juntos passaram a formar o Sistema Brasileiro de Televisão, o SBT.
Os empreendimentos mais recentes criados por Silvio Santos foram a Jequiti Cosméticos e o hotel Sofitel Jequitimar Guarujá.

Gostou de conhecer os empreendedores de sucesso apresentados aqui? Comente!


Comente o que achou

2 comentários

  1. Ricardo Responder

    Muito bom!
    Realmente da uma injeção de ânimo

  2. Marizete Soares de Oliveira Santios Responder

    Muito motivante essas histórias de sucesso!