Saiba se você tem o perfil para abrir uma franquia

Ter um bom dinheiro investido, não contar com retorno imediato e ser bom administrador estão entre os requisitos para abrir uma franquia

Saiba qual o perfil para abrir franquias

Para abrir uma franquia, primeiramente, é preciso fazer uma série de avaliações pessoais e financeiras. Engana-se quem, por exemplo, pretende investir todo o dinheiro que possui ou mesmo espera um retorno rápido deste investimento: o franqueado tem que ter em mente que precisa ter um pé de meia bem feito e que o retorno pode demorar até cinco anos, dependendo do negócio escolhido. Veja se você está pronto para abrir franquias.

Enxerga a franquia como salvação para o desemprego

Se você perdeu o emprego e enxerga a abertura de um negócio próprio por meio de uma franquia, cuidado. Um conjunto de fatores precisa ser revisto antes de tomar essa decisão. Principalmente, se sua intenção é investir quase todo o dinheiro que possui.
É certo que existem negócios que podem começar com investimento mínimo de R$ 3 mil. No entanto, é necessário conhecer o mercado que pretende atuar, saber se você gostaria de trabalhar com o que escolheu e verificar qual o crescimento e rentabilidade que este negócio pode oferecer. Além disso, é importante ter um fundo para algumas adversidades econômicas, o chamado capital de giro.

Não espere o retorno rápido

Segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), um dos principais erros do pretendente a franqueado é esperar um retorno muito rápido do investimento que aplicou para abrir sua franquia. A ABF aponta que a maioria das franquias têm seu retorno estimado em no mínimo 36 meses e que isso pode demorar até 60 meses, dependendo do negócio.
Faça uma pesquisa com quem já empreendeu e investiu no ramo escolhido. Para tanto, antes de começar a pensar em abrir uma franquia, é importante ter uma reserva financeira para garantir o sustento. A própria ABF dá dicas em seu portal. Confira.

Como funciona o sistema para abrir franquias

Se você tem em mente inovar em algum ramo, desista do modelo praticado pelas franquias. Geralmente, quando se opta em abrir uma franquia, há um modelo a ser seguido até para a vestimenta e mobiliário que a franqueada usa. O mesmo segue para embalagens, divulgação, treinamento, produtos e serviços oferecidos.
É importante saber também que o franqueado paga uma porcentagem de seu lucro para royalties (uso da marca) e uma taxa de propaganda e publicidade.

Sem pressa

Não se desespere para fechar o negócio rapidamente. Considere todos os requisitos apresentados, converse com quem já tem um negócio com a mesma rede em que deseja investir ou algo similar e pense muito. A gana de empreender não pode ser atropelada.
Você espera empreender por meio de um modelo de franquia para ter mais tempo em sua vida pessoal? Ledo engano. O franqueado muitas vezes trabalha mais do que qualquer outro empregado e isso inclui, muitas vezes, muitos dias sem folga.
Além disso, sua capacidade de gestão tem que ser posta à prova: gerir pessoas não é simplesmente delegar ordens. É preciso competência e sensibilidade. Pense nisso, avalie o negócio que mais lhe encanta e reveja seu plano de investimentos para abrir sua franquia.
Gostou deste artigo? Comente!


Comente o que achou