Como criar uma newsletter

Veja como criar uma newsletter informativa, clara e eficiente

como-criar-uma-newsletter

Criar uma newsletter pode ampliar a forma de relacionamento com seu público-alvo. No entanto, algumas regras têm de ser seguidas para que a informação seja apreciada por quem a recebe e não se torne apenas mais um e-mail recebido e perdido entre tantos outros. Para ajudar você a entender como criar uma newsletter eficiente, o DNA do Empreendedor separou algumas dicas. Confira!

Conteúdo relevante

Para começar a pensar no desenvolvimento de uma newsletter é preciso saber qual público irá recebê-la. É muito importante saber, por exemplo, os interesses principais deste público. Não adianta produzir um conteúdo com informações confiáveis e interessantes se quem o receber não der a mínima para o assunto. Quanto mais informações disponíveis, melhor. Geralmente, quanto mais segmentação houver na mensagem, mais ela será lida.

Assunto da newsletter

O assunto é um dos grandes chamarizes para que sua mensagem seja bem recebida e aberta. Por isso, gastar um tempo pensando em como chamar a atenção logo no assunto do e-mail que enviará sua newsletter é uma obrigação. A chamada deve ser sempre atraente e, novamente, muito relevante para quem a recebe. Além disso, ter o nome de sua empresa logo neste campo é fundamental para marcar presença.

Principais pontos destacados

Mensagens separadas e organizadas, com um bom resumo feito para cada notícia, também atraem visitantes aos artigos publicados. Dê apenas um gostinho do que virá no texto. Destaque pontos fortes do conteúdo e terá mais garantia que a mensagem será aberta.

Uso de imagens

A Internet é um grande caldeirão de imagens e você certamente achará uma que seja condizente com a mensagem que quer passar. Entretanto, tome cuidado com o uso destas imagens escolhidas. Não é porque está na Internet que esta imagem é pública. Ela pode possuir direitos de publicação ou mesmo algum custo para ser usada. Logo, busque alternativas em bancos de imagens gratuitos.

Além disso, outra preocupação que deve ser redobrada é o layout. Nada de estourar espaços, diagramar de qualquer jeito e não obedecer aos parâmetros aos quais seus leitores estão acostumados. Neste caso, menos é sempre mais!

Faça testes e meça os resultados

Ao criar sua newsletter e definir as formas de envio, faça testes por meio de métricas destas ferramentas e não tenha medo de alterar as estratégias se as anteriores não estiverem dando muito resultado. Fique sempre atento e procure saber os assuntos que mais foram lidos, comentados e compartilhados.

Gostou deste artigo? Comente!


Comente o que achou