Entenda o que é remarketing

Entenda o conceito, o que é e como funciona o remarketing. Saiba mais aqui no DNA do Empreendedor.

o-que-e-remarketing

Entenda o que é remarketing

Como empreendedor, pode ser que já conheça o termo remarketing. Mas, se nunca se deparou com tal terminologia ou seu conceito ainda não tenha ficado claro, entenda o que é e como funciona o remarketing para que, uma vez implementado em seus negócios, seu ROI e suas finanças aumentem.

O que é remarketing?

O remarketing nada mais é do que o alcance de um cliente já atingido, tendo concluído ou não uma compra. O remarketing pode ser online ou offline e é o retargeting, a estratégia que pensa em como atingir novamente o cliente ao criar públicos-alvo baseados nos seus perfis, que mostrará como e onde esse cliente pode ser atingido. Em usos online, ideais para e-commerces, o remarketing é uma ferramenta inicialmente desenvolvida pelo Google para a sua plataforma AdWords, permitindo o anúncio gráfico de seu site em outros sites acessados pelo usuário que visitou sua loja, criando assim uma repetição que fará o cliente ter em mente o produto até que ele adquira a oferta. Hoje, outras empresas que fornecem displays em mídia digital desenvolvem ferramentas similares.

Como funciona o remarketing?

O remarketing, offline ou online, é uma ação voltada para pessoas atingidas em contextos diferentes, convertidas ou não, por razões específicas. Para ambos os usos será necessário estabelecer uma lista de remarketing, criadas a partir de perfis de clientes desistentes da compra e que não iniciaram o processo de compra. A partir dessa lista, tendo em mente o público-alvo, anúncios personalizados devem ser mostrados para que o alcance seja mais efetivo.
Para o uso online, é possível aplicar uma ferramenta geradora de tags, que deve ser incorporada à página de sua loja. Assim o usuário, ao entrar em sua página, é “marcado” e anúncios de seus produtos surgirão durante toda a sua navegação por outros sites. Esses anúncios são personalizados, ou seja, de acordo com cada perfil de usuário um anúncio em específico será mostrado, de maneira que, agradando o seu perfil, o usuário possa ser convertido em cliente. O alcance se mostra maior porque, ao invés de investir em anúncios que possam não interessar certos usuários, o remarketing possibilita anunciar apenas o que interessa pra cada público, aumentando as possibilidades de compra. Acompanhe abaixo o vídeo criado pelo Google para explicar o mecanismo de remarketing de maneira simples.

Quando usar o remarketing?

Como o foco do remarketing é a repetição de anúncios que podem influenciar na decisão de compra do usuário, o ideal é utilizar a ferramenta em produtos de maior valor agregado que, geralmente, faz com que o usuário pesquise e espere o melhor momento para adquirir o produto que deseja há um tempo. Desse jeito, a compra convertida gera um lucro significativo.
Ainda considerando esse mesmo cliente, se ele comprou um perfume importado, talvez seja o caso de anunciar demais produtos importados da linha estética ou roupas de grife, considerando que o perfil desse cliente seja o de alto poder aquisitivo. No entanto, é igualmente possível lucrar com clientes de baixo poder aquisitivo ao negociar descontos, já que, muitas das vezes, o preço é uma barreira para a compra. Nesse caso, vamos considerar um cliente que acessou a loja, iniciou o processo de compra de uma jaqueta de R$300, mas por alguma razão desistiu. Quando ele acessar outro site, um anúncio dessa mesma jaqueta com algum desconto ou de outro modelo mais barato pode surgir, sendo esses anúncios substituídos por produtos mais baratos a cada vez que o usuário mudar de página sem efetuar a compra. Assim, por meio de descontos, a compra pode ser convertida, uma vez que os anúncios são mais assertivos nessa modalidade de marketing.

Agora que já conhece os fundamentos do remarketing, aproveite suas funcionalidades e criatividade para que cada vez mais perfis de clientes sejam alcançados e compras sejam concluídas com sucesso.


Comente o que achou