Você sabe a diferença entre os formatos de imagem .jpeg ou .png?

Jpeg ou png, qual o melhor formato? Conheça e entenda as diferenças, vantagens e desvantagens de ambos para nunca mais usar a imagem errada.

peg ou png, qual o melhor formato? Conheça e entenda as diferenças, vantagens e desvantagens de ambos para nunca mais usar a imagem errada.

Existem diversos formatos de imagem disponibilizados na internet, sendo que cada um deles tem uma função diferente. À medida que a tecnologia de imagem avança, os formatos vão se acumulando. Por isso, esse artigo vai te ajudar a descobrir as diferenças entre o .jpeg e .png.

Jpeg ou PNG?

O JPEG e o PNG são as extensões mais usadas para imagens. Embora muito conhecidas, geram confusão na hora do uso, principalmente porque cada formato tem uma funcionalidade diferente. Conheça as diferenças:

Jpeg

O JPEG ou JPG é o formato de arquivo criado pelo Joint Photographic Experts Group e o mais popular, principalmente por ser gerado por câmeras digitais e smartphones, além de poder ser aberto por quase todos os programas de edição de imagem.

O método usado para compressão no formato JPG equivale ao processo utilizado no ZIP: compactar arquivos grandes. Ou seja, o JPEG comprime os dados, reduzindo seções a bloco de pixels (pequenos pontos que formam a imagem). A compactação é permanente e o arquivo perde um pouco da qualidade, impossibilitando, assim, sua edição.

Por isso, o JPEG é indicado para armazenamento e não para a edição de imagens. Além disso, uma vez salvo o arquivo em JPEG, não tem mais volta. Outro ponto que vale a pena ressaltar é que essa extensão é a mais prática para compartilhamento.

Você pode usar arquivos JPEG para suas publicações em redes sociais e sites mobile, por exemplo.

PNG

O PNG, Portable Network Graphics, foi desenvolvido como uma alternativa ao GIF, sendo um ótimo formato para gráficos na internet. Ele é composto por transparências que se misturam com o plano de fundo.

O suporte à cor do PNG é 8-bit como o GIF, mas também a cor RGB 24-bit, como o JPEG. Ele comprime as imagens fotográficas sem perder a qualidade, sendo mais pesado, por isso navegadores antigos não possuem suporte para ele.

Além disso, ele é ideal para software de screenshot, permitindo uma reprodução pixel por pixel do seu ambiente desktop.

Devido à sua qualidade, os arquivos do tipo PNG podem ser utilizados para materiais impressos, como folhetos, folders e embalagens, pois podem ser impressos sem perder qualidade.

Gostou destas dicas? Comente!


Comente o que achou

1 comentário

  1. B LACERDA Responder

    muito boa super indico