O que não pode faltar no seu site

Conheça as páginas e funções que não podem faltar em seu site

o-que-não-pode-faltar-no-seu-site

A Internet se tornou algo tão ligado ao cotidiano dos brasileiros que ter uma webpage de seu negócio se tornou obrigatório para ganhar visibilidade no mercado. Serviços como o Google Meu Negócio ajudam a tornar o seu negócio facilmente encontrado em buscas online, mas se seu site não possui uma boa estrutura, o usuário pode deixar a sua página, gerando níveis de rejeição mais altos.

Para que isso não aconteça e para que o usuário permaneça em seu site até chegar a uma possível conversão de compra, seja online ou offline, acompanhe a lista de itens que não podem faltar na sua página que preparamos para você.

O que um site deve ter?

Ao desenvolver um site, esteja sempre atento à experiência do usuário. Sites não-intuitivos podem possuir um maior índice de rejeição. A praticidade e o conforto do usuário são os critérios que devem ser levados em consideração para a criação de páginas, campos e menus. Confira alguns dos itens que podem melhorar a experiência do usuário em sua página.

Sobre: Um campo que contenha informações sobre a sua empresa, que conte a história e explique o produto ou serviço oferecido ajuda a passar credibilidade para o público. Ele funciona como um cartão de visitas de seu site. Lembre-se: uma boa impressão inicial pode ser determinante para seu site.

Contato: É importante dedicar uma área para informar os diferentes contatos da sua empresa. Boa parte das buscas em sites institucionais visa encontrar contatos das empresas. A partir dessas informações, clientes e fornecedores podem apresentar propostas e tirar dúvidas. Um rodapé com endereço, e-mail e telefone facilita o trabalho do usuário.

Layout simples e objetivo: um site complexo, sem nitidez e pouco intuitivo afasta o visitante de sua página. Prefira uma estrutura simples, intuitiva e de fácil localização que não confunda o usuário e seja nítida. Opte pelo simples e, caso utilize fotos e vídeos, lembre-se de comprimir tais conteúdos, atentando-se a qualidade dos arquivos ao fim do processo.

Versão mobile: os smartphones tomaram conta do mercado e utilizar a Internet pelo celular é algo muito comum. Por isso, pensar em um site responsivo que se adapte ao formato do celular também é necessário para otimizar a experiência do usuário.

Conteúdos revisados: A revisão ajuda a eliminar erros de digitação, imprecisões de textos, confirmar fontes e informações utilizadas em seus conteúdos. Divulgar imprecisões e pecar no uso gramatical pode afetar a percepção da marca por parte dos visitantes da página. Verifique também a qualidade das imagens, vídeos e áudios: é importante que eles possuam qualidade e nitidez.

Campo de busca: Dar a autonomia ao usuário para que ele possa encontrar facilmente o conteúdo que deseja traz conforto e praticidade. Um botão de pesquisa bem localizado e um histórico de postagens bem organizado, separado por áreas, menus e submenus, são essenciais para a autonomia do visitante.

Botões de redes sociais: Incorporar esse tipo de botão auxilia na disseminação de seu site e pode, graças à popularidade das redes sociais, trazer um tráfego maior ao seu site.

Seu site atende a todos esses requisitos? Não se esqueça de sempre verificar o bom funcionamento de suas páginas e se há algum link quebrado (Error 404). Links internos ajudam a manter o tráfego e um link problemático pode quebrar o ritmo do usuário e prejudicar a sua experiência.

Caso você ainda não possua um site, por achar muito trabalhoso e caro, conheça o Presença Web, da Embratel. Com este serviço é possível montar a sua página de maneira fácil e rápida, usando um dos 23 modelos disponíveis para os mais variados segmentos.

Gostou das dicas? Comente ☺


Comente o que achou