Expressão corporal e seus benefícios

Confira dicas para melhorar sua expressão corporal e como elas podem ser aplicadas no ambiente de trabalho

A expressão corporal e sua imagem no trabalho

O corpo fala e a forma como você se movimenta pode ser muito significativa, principalmente no ambiente de trabalho. A expressão corporal é definida como forma de comunicação não-verbal e a manifestação dos sentimentos por meio de gestos.
A expressão corporal foi a primeira forma de comunicação humana e até hoje continua sendo muito predominante. Especialistas afirmam que 93% de toda comunicação humana é não-verbal.
Kinésica é o nome que se dá para a ciência que estuda a linguagem corporal, de acordo com as situações vivenciadas. O primeiro estudo sobre expressão corporal foi realizado por Charles Darwin, naturalista britânico que publicou o livro “A expressão das emoções em homens e animais”.
Darwin atestava que os mamíferos manifestavam suas emoções por meio da expressão corporal e que homens e animais de diferentes raças e idade apresentavam a mesma feição em relação às emoções.

O que suas expressões transparecem

A maneira como você se comporta e a forma como seu corpo se movimenta pode transmitir muitas informações. O comportamento do nosso corpo é capaz de revelar o que realmente queremos dizer diante de uma conversa, mesmo sem falarmos. As principais manifestações do corpo são reveladas por meio da postura, gestos, expressão facial e tom de voz.

Valorize sua postura

Ter uma boa postura, além de ajudar sua saúde, transmite confiança para as pessoas ao seu redor e para você mesmo.
Manter a postura ereta auxilia na respiração e no sistema cardiopulmonar. Além disso, uma respiração correta oxigena o cérebro, proporcionando alívio no sistema nervoso, assegurando um aumento de produtividade e concentração.
Evite sentar em posições de inclinação: elas indicam falta de interesse, desleixo e até mesmo desmotivação.

Preste atenção nos gestos

Quando conversamos com alguém, não é só o discurso que importa; os nossos gestos também são responsáveis pelo que queremos articular.
Socialmente, alguns povos e grupos empregam gestos como característica, pois alguns gestos possuem significados diferentes em determinadas culturas.
Confira abaixo o que significam alguns gestos e expressões faciais:

Posicionamento de pernas, mãos e braços

Quem gesticula demais e balança muito as pernas durante uma conversa, pode transmitir inquietação. Mas nem sempre significa algum aspecto negativo. Por exemplo: mãos com as palmas viradas para cima demonstram confiança. A pessoa que fala ou escuta transparece abertura para ouvir opiniões.
Estalar os dedos insinua ansiedade ou hostilidade. Manter os dedos cruzados também sugere aspectos negativos pois aponta resistência. Ao contrário das mãos, pernas cruzadas expressam postura firme e confiante.
Braços cruzados demonstram uma posição defensiva. Por isso, busque sempre manter os braços soltos diante de uma conversa pois transmite interesse e receptividade.

Cotovelos e mãos apoiados na mesa ou no rosto

Expressam aborrecimento, tédio e desinteresse. Não é esse tipo de imagem que você gostaria de transmitir em seu ambiente de trabalho, não é mesmo? Portanto, fique atento a esses gestos por mais involuntários que eles sejam.

Desviar o olhar

Por mais que algumas pessoas tentem disfarçar, o olhar costuma demonstrar muito mais emoção do que as palavras. Desviar o olhar diante de uma situação, pode indicar que o que você está dizendo é mentira, ou diante de um elogio demonstra que você está desconfortável.
Sempre que possível, mantenha um olhar sereno que transmita positividade e confiança.

Comprimir os lábios

Comprimir os lábios significa que você está nervoso ou apreensivo. Em um contexto profissional, esse tipo de expressão não transmite muita credibilidade, pois pode insinuar que você é um profissional temeroso.

Esses são só alguns itens da linguagem não-verbal. Há muitas outras maneiras de expressão corporal que variam de acordo com a vivência do indivíduo. Uma vez que você aprende a aplicar essas expressões no contexto correto, suas ações podem ganhar mais credibilidade no ambiente de trabalho.

 

Você tem aplicado suas expressões corporais corretamente no ambiente de trabalho? Comente!


Comente o que achou