Como transformar a sua empresa em uma franquia

Tornar sua empresa uma franquia ajuda no crescimento de seu negócio.

transformar-empresa-franquia

Possuir uma franquia é uma forma rápida e segura de expandir os negócios. A cada nova unidade, sua marca ganha maior posicionamento no mercado e reforça a sua competência. Os royalties são uma fonte fixa de recursos e ajuda a ampliar cada vez mais sua empresa. Saiba como transformar a sua empresa.

O que é uma franquia?

Sua marca, bem como seus produtos, possui sua exclusividade protegida por lei. Ao transformar a sua marca em uma franquia, é possível negociar a exclusividade e vender a sua franquia, permitindo que outras pessoas utilizem sua marca, produtos e identidade visual mediante um pagamento que licencia tais usos.

Como fazer de minha empresa uma franquia

O processo para transformar sua empresa em franquia é minucioso e trabalhoso. Nesse artigo, abordaremos os pontos principais dessas etapas. Caso deseje um material mais extenso e aprofundado sobre o assunto, consulte a apostila preparada pelo SEBRAE sobre como tornar sua empresa uma franquia.

Documentação e plano de negócios

Análise de franqueabilidade

Antes do processo burocrático e legal, é preciso avaliar se a sua marca é franqueável. Para isso, é preciso compreender a situação de sua empresa e responder às seguintes perguntas:
Qual a força de sua marca?: se sua marca ainda não possui tradição ou consolidação no mercado, as chances de adquirirem sua franquia são menores. É importante possuir um bom posicionamento do mercado, de forma que o nome de sua marca carregue interessados até sua franquia.
Seu produto ou know-how são desejados?: assim como a marca, seu produto ou know-how (técnica ou metodologia própria) devem possuir originalidade que desperte o interesse de outros.
Quão rentável é sua marca?: os lucros com a franquia devem compensar seu investimento e possibilitar o crescimento do franqueado.

Leis de franquia e reserva de caixa

Após essa etapa, é o momento de avaliar as questões fiscais e legais para a sua franquia. Para isso, é aconselhável a leitura das Leis de franquia e estudo do mercado em si.
Embora isso dependa de muitos fatores, pode-se dizer que o processo de franquia exigirá cerca de R$50 mil, entre documentos, treinamentos, contratos e afins. Por isso, tenha certeza de que você possui uma reserva de caixa que possibilite esse processo.
Caso deseje se preparar com algum curso antes de investir na franquia, procure uma consultoria especializada ou pesquise a disponibilidade dos cursos da Associação Brasileira de Franchising.

Registro de marca e plano de negócios

Passadas as etapas de confirmações práticas e legais acerca da franquia, é preciso verificar a disponibilidade da marca para registro no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, provavelmente já conhecido ao registrar sua marca.
Além da disponibilidade da marca, é preciso ter elaborado, de forma clara, um plano de negócios. Assim, é possível entender as estratégias e metodologias da marca, por parte do franqueador e do franqueado.

Circular de Oferta de Franquia – COF

Sua franquia precisa de um documento oficial que estabeleça as diretrizes e detalhamento fiscal, financeiro e institucional. A Circular de Oferta de Franquia (COF) é um relatório obrigatório que deve ser redigido por um advogado especialista em franquias, de maneira que sejam especificados:
Modelo de franquia adotado
Plano de negócios (para franquia e franqueador)
Estruturas e custos
Royalties
Faturamento
Retorno

Treinamento e manual de marca

Após a documentação, é preciso elaborar um manual de marca, de maneira que fique claro o que é proibido e o que é permitido ser feito enquanto representante de sua marca.
É também preciso pensar na uniformização da identidade visual, metodologia e atendimento. Para isso, elabore e realize treinamentos e capacitações para funcionários e franqueados.

Venda da franquia

Uma vez disponível, sua franquia pode ser vendida. Basta realizar uma modificação no contrato social ou abrir uma nova empresa e sua empresa está apta a vender sua franquia.
Nesse momento, é importante planejar onde quer investir sua franquia, bem como divulgá-la em diversas mídias, eventos e comércios.
Esse artigo te ajudou? Comente e compartilhe conosco suas dúvidas e opiniões sobre a abertura de uma franquia.


Comente o que achou